Assessoria Ambiental

Mesmo com a grande importância para o desenvolvimento da indústria e das cidades mineradoras, a exploração mineral costuma gerar sérios danos ao meio ambiente. Como a mineração em geral opera bem distante das cidades, seus extraordinários impactos ambientais não são percebidos com frequência.

  Os impactos ambientais da mineração são diversos e apresentam-se em diversas escalas: desde problemas locais específicos até alterações biológicas, geomorfológicas, hídricas e atmosféricas de grandes proporções. 

Entre os principais impactos causados pela mineração estão:

  • Poluição dos recursos hídricos (superficiais e subterrâneos) pelos produtos químicos utilizados na extração de minérios;
  • Contaminação dos solos por elementos tóxicos;
  • Proliferação de processos erosivos, sobretudo em minas antigas ou desativadas que não foram reparadas pelas empresas mineradoras;
  • Poluição do ar a partir da queima ao ar livre de mercúrio (muito utilizado na extração de vários tipos de minérios); entre outros. 

No entanto é possível fazer uma mineração com respeito ao meio ambiente, desde que, os municípios se conscientizem e se manifestem diante das mineradoras que exploram seu território, para que estas se preocupem com a degradação ambiental que é deixada após a exploração dos minerais. 

Diante disso a AMIG concederá também, aos municípios mineradores, o serviço de Consultoria Ambiental que tem como finalidade prestar assessoria e consultoria prioritariamente preventiva aos municípios, por meio de profissional qualificado, que atua nas áreas de legislação e gestão ambiental, sustentabilidade, além de contribuir no entendimento de normas, decretos e leis ambientais, sobretudo nas questões ligadas ao licenciamento ambiental.